• Gestão Maré - CAEQ 2020

50 Anos do CAEQ - CAEQ em 2016 e 2017: Rosa Kucinski e Entropia


50 Anos do CAEQ - O CAEQ em 2016 e 2017: Gestões Ana Kucinski e Entropia

Olá pessoal!

Dando continuidade aos posts sobre as gestões passadas do CAEQ, hoje iremos ainda mais fundo na história do Centro Acadêmico, vamos conferir um pouquinho das gestões de 2016 e 2017:


  • 2017 - Gestão Rosa Kucinski


Integrante da ALN na clandestinidade, Ana era graduada em química e doutora em filosofia. Era uma das mais jovens professoras do Instituto de Química da Universidade de São Paulo – USP. Devido às circunstâncias, é considerada como uma das vítimas da ditadura militar brasileira pela Lei 9.140, de 1995. "Que sua lembrança inspire as futuras gerações a lutar, como ela, contra os que tentam sufocar a liberdade.
  • Surgimento do CAEQ Informa e CAEQ Informa dos Departamentos


  • Continuando a discussão sobre a implementação das cotas étnico raciais na Unicamp, foi criada a ‘Frente pró cotas”, a qual o CAEQ fez parte e, com o intuito de divulgar o debate para um número maior de pessoas, deu início a uma série de posts em redes sociais chamada “Todo dia um motivo para ser a favor das cotas”, o qual durou 1 mês;


  • Como decisão da Greve de 2016 o vestibular Indígena foi implementado na Unicamp, para discutir o tema mais a fundo o CAEQ convidou integrantes da tribo Kariri Xocó, um professor do IEL e estudantes que ingressaram pelo vestibular indígena na UFSCar. Além do debate, foram expostos para a venda artesanatos feitos pela tribo Kariri Xocó, é daí que vêm a lança que está na parede da sede do CAEQ, em cima da televisão.


  • Para revitalizar a sede, local que é frequentado por tantos estudantes e tem um significado tão grande na experiência universitária, foi feito um mutirão para reformá-la, desde pintura e limpeza até a reforma do querido Sofá do CAEQ aconteceu, mais uma vez com ajuda da comunidade discente;


  • A Comissão de Recepção, órgão criado para recepcionar os ingressantes dos cursos 05 e 50, surgiu dentro do CAEQ e foi ganhando importância ao longo dos anos, em 2017 que ela se tornou uma entidade separada do Centro Acadêmico;


  • Também foi em 2017 que a Reitoria decidiu pelo aumento dos valores de refeição dos Restaurantes Universitários. Uma grande mobilização estudantil surgiu para tentar barrar a decisão e apesar do aumento ainda acontecer, foi pela atuação do CAEQ e de diversos CA’s que este não foi tão abusivo como o plano inicial;


  • Com o objetivo de se aproximar da comunidade interna, o CAEQ fez diversos eventos, tais como Sorvetadas, Mobilização para Doação de Sangue no Hemocentro, Quadrilha no CAEQ, Noite do Filme, entre outros.


  • 2016 - Gestão Entropia


O ano de 2016 foi marcado por vários eventos que mudariam o curso da atuação do CAEQ para sempre, a gestão vigente neste ano foi a Gestão Entropia. Deixando a visão da termodinâmica de lado e expandindo o conceito de entropia para a área social, podemos pensar que, assim como a entropia, a importância do CAEQ só é possível de aumentar ao longo dos anos e mesmo em momentos de caos, a soma final das ações será sempre positiva.

  • São introduzidas, no ambiente das Reuniões Ordinárias do CAEQ, as Reuniões de Formação, espaços destinados à discussão mais aprofundada de temas sociais diversos, tais como as cotas, um dos primeiros a ser discutido, a fim de trazer maior consciência política à entidade e a seus membros.


  • Criação de um novo projeto pelo CA, a Roda de Conversa Marie Curie. Carregando o nome de uma das mais importantes cientistas da história, a roda trouxe como filosofia a criação de um espaço informal, de conversa, onde pudessem ser discutidos temáticas diversas que tangem a sociedade, nossas ações enquanto membros da mesma e também nossas práticas enquanto cientistas e seus impactos sociais.


  • Sem dúvidas o evento mais marcante na comunidade universitária em 2016 foi a greve estudantil. Com as discussão sobre cotas, financiamento da universidade e precarização da moradia estudantil, o CAEQ impulsionou uma importante cultura de assembleias no instituto, que trouxe em voga a participação dos alunos nos assuntos, seu poder de ação, conscientização sobre aquilo que nos envolve e que, em 01/06, resultou numa greve história do Instituto de Química da Unicamp, movimento esse que atingiu grande maioria das unidades da universidade.

Ao final, apesar de diversas punições injustamente aplicadas à alunos que aderiram a greve, foi graças a mobilização realizada pelo CAEQ e outros CA’s que a política de cotas foi implementada na universidade nos anos seguintes. Além disso a greve de 2016 foi essencial para o grande avanço político do CAEQ, que pela primeira vez tomou a frente em uma mobilização de tamanha magnitude e importância com bastante força, seriedade e consequentemente se colocou com um dos Centros Acadêmicos mais ativos e politizados desde então. Essa mobilização assentou as bases para o desenvolvimento do CA como ele é hoje e seu importante caráter político e combativo.

  • Em virtude de uma mobilização que envolvia o banimento de um professor da rede pública de Campinas, por este ter utilizado saia em um evento público, CAEQ e AAAQUI se reuniram para uma discussão importante sobre o “Hino da Química” vigente naquele momento. Estruturalmente formado por ideias machistas, a discussão colocou em xeque a tradição como algo estático e que não pode ser repensado, discutiu o passado e seus erros e os conhecimentos que a todo momento estamos sujeitos. Dessa reunião , as associações acordaram o banimento do hino nos eventos oficiais. Essa decisão consistiu num passo importante para introduzir um novo conjunto de valores e ideias de respeito nas nossas relações.


  • Também foi em 2016 que o jogo para celulares “Pokemon Go” foi lançado e o IQ se tornou um local cobiçado pelo número de “pokestops” no instituto. Olhando para esse acontecimento, o CAEQ diversas vezes se utilizou da grande quantidade de jogadores presentes para criar um espaço de integração da comunidade, realizando sorvetadas, exibindo mídias, entre outros.


Continuaremos nos próximos dias!

Acesse nossa página especial para os 50 Anos do CAEQ.


Gestão Maré 2020

© 2020 por Gestão Maré - CAEQ Unicamp.

  • Facebook - CAEQ Unicamp
  • Instagram - CAEQ Unicamp
  • Twitter - CAEQ Unicamp